Curso HTML – Aula 02

Por Guilherme Farias em 08 de maio de 2010

Olá, vamos começar a segunda aula de HTML, se você não viu a primeira, eu aconselho a ler.

Nessa segunda aula vamos entrar no conceito de tags, para isso, é bom saber que o HTML é, a coisa mais importante da internet.

Como vocês já sabem, é ele que mostra para o navegador o que deve ser feito. Mais é importante saber que poucos sites são feitos somente em HTML. Com a evolução da Internet, a linguagem foi se desenvolvendo e surgiram novas versões desde formato, como por exemplo: XHTML, HTML 5. No entanto se você quer aprender os outros formatos, precisa dominar os conceitos básicos do HTML tradicional. Ele é o núcleo da Internet.

O HTML é uma linguagem de marcação, e não de programação. Seu objetivo é formatar um texto e permitir a entrada de marcadores (Tags).

Todo o HTML está estruturado em elementos chamados marcadores, mais conhecido como Tags. Essas tags são delimitados por sinais < e >. Veja um Exemplo:
<tag>Texto alterado pela Tag</tag>
Texto não alterado pela Tag

Neste exemplo, temos uma tag que delimita um texto, deixando fora outro texto. Esse é o primeiro conceito importante: As tags delimitam sua esfera de atuação. O que está dentro da tag é regulado por ela, o que está fora, não. Isso veremos mais adiante, mas é importante observar que a tag deve ser aberta por (<tag>) e fechado usando o mesmo código da tag, mas com uma barra.( </tag>).

Você também pode abrir uma tag dentro de outra. Quando isso acontece, temos uma estrutura Hierárquica: a tag que está dentro é a filha, e a tag que engloba será mãe. Não deve intercalar, fechando a tag mãe sem antes fechar todas as tags filhas. Veja o exemplo:

MODO CORRETO
<tag1> Todo o conteúdo da tag mãe, mais tem que ser fora da tag filha…
<tag2> essa é a tag filha, esse conteúdo está dentro da tag mãe</tag2>
Agora que a tag filha está fechada, podemos fechar a tag mãe</tag1>

MODO ERRADO
<tag1> Essa é a tag mãe, estou escrevendo o conteúdo da tag mãe
<tag2> Esta é a tag filha, estou escrevendo o conteúdo da tag filha </tag1> fechei a tag mãe antes de fechar a tag filha. </tag2>

Esse é um conceito importante, pois todas as tags seguem uma estrutura dentro da página. Se essa regra de hierarquia é desrespeitada, o navegador até pode conseguir mostrar a página, mas, internamente, os elementos ficam mal identificados. Como veremos adiante, isso pode trazer outros problemas, sem falar na possibilidade de a página aparecer de forma errada para o visitante.

Alem do tipo da tag, podemos também incluir parâmetros que aumentem a funcionalidade da tag. Esses parâmetros serão explicados adiante, conforme for necessário apresentar cada um deles.

Elementos da página

As tags no HTML são agrupadas a partir de dois elementos fundamentais nas páginas da web:
• Cabeçalho (HEAD)
• Corpo (BODY)
No cabeçalho ficam as tags que definem parâmetros e informações para o navegador, mas que não aparece no site.
No corpo, temos o conteúdo propriamente dito. Tudo o que está no corpo vai ser apresentado no navegador.

Dessa forma , toda pagina terá estas duas partes. O cabeçalho sempre vem primeiro, para poder dar as diretrizes para o navegador, e estará delimitado pelas tags <head> e </head>. O corpo vem em seguida, definido pelas tags <body> e </body>.

<head>
AQUI FICA O CONTEUDO DO CABEÇALHO
</head>

<body>
AQUI VAI FICAR O CONTEUDO DO CORPO
OU SEJA O QUE AS PESSOAS VÃO VER
</body>

No começo, vamos focar nas tags do corpo, que são mais simples e têm efeito mais imediato. Assim, podemos entender melhor como funciona o HTML para, depois, prosseguirmos com as tags mais complexas, como as do cabeçalho.

Bem, por enquanto é só, nossa segunda aula termina aqui, e na próxima aula vamos pôr a mão na massa, criaremos a nossa primeira pagina em HTML.

Veja as outras Aulas:

* Curso HTML – Aula 01
* Curso HTML – Aula 03
* Curso HTML – Aula 04
* Curso HTML – Aula 05
* Curso HTML – Aula 06
* Curso HTML – Aula 07
* Curso HTML – Aula 08
* Curso HTML – Aula 09

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.