Brasil continua em 42º no ranking da economia digital

Por Guilherme Farias em 30 de junho de 2010

A edição 2010 do “Digital Economy Rankings”, rank dos países conseguem usar as tecnologias da informação e da comunicação em benefício da economia e da sociedade, foi divulgado. O Brasil continua na mesma posição

Digital Economy Rankings, é o estudo realizado pela empresa britânica Economist Intelligence Unit (EIU, ligada à revista The Economist) em parceria com a IBM (veja a lista completa ao final deste texto) .

O novo líder é a Suécia, a Dinamarca antiga líder, caiu para segundo lugar. Os Estados Unidos, que antes estavam em 5º, agora estão em terceiro. O Brasil manteve-se na 42ª posição.

Veja o ranking de economia digital da EIU e da IBM:

  1. Suécia
  2. Dinamarca
  3. Estados Unidos
  4. Finlândia
  5. Holanda
  6. Noruega
  7. Hong Kong
  8. Cingapura
  9. Austrália
  10. Nova Zelândia
  11. Canadá
  12. Taiwan
  13. Coreia do Sul
  14. Reino Unido
  15. Áustria
  16. Japão
  17. Irlanda
  18. Alemanha
  19. Suíça
  20. França
  21. Bélgica
  22. Bermuda
  23. Malta
  24. Espanha
  25. Estônia
  26. Israel
  27. Itália
  28. Portugal
  29. Eslovênia
  30. Chile
  31. República Tcheca
  32. Emirados Árabes Unidos
  33. Grécia
  34. Lituânia
  35. Hungria
  36. Malásia
  37. Letônia
  38. Eslováquia
  39. Polônia
  40. África
  41. México
  42. Brasil
  43. Turquia
  44. Jamaica
  45. Bulgária
  46. Argentina
  47. Romênia
  48. Trinidad & Tobago
  49. Tailândia
  50. Colômbia
  51. Jordânia
  52. Arábia Saudita
  53. Peru
  54. Filipinas
  55. Venezuela
  56. China
  57. Egito
  58. Índia
  59. Rússia
  60. Equador
  61. Nigéria
  62. Vietnâ
  63. Sri Lanka
  64. Ucrânia
  65. Indonésia
  66. Pakistão
  67. Cazaquistão
  68. Argélia
  69. Irã
  70. Azerbaijão

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>