Desafio Ubuntu – Dia 6

Por Guilherme Farias em 30 de janeiro de 2011

Já estou acostumado com o Ubuntu, mas ainda sinto falta do meu Windows 7, mas isso é o de menos, vamos para o sexto dia?

Veja também:
* Dia 7
* Dia 5
* Dia 4
* Dia 3
* Dia 2
* Dia 1

Área de trabalho
Minha área de trabalho se resume em capturas de telas, e alguns atalhos, vou mostrar um pouco da interface, a imagem a seguir é uma screenshot do meu desktop.
Minha area de trabalho

Note que diferente do Windows, o Ubuntu tem 2 barras de tarefa, uma superior e outra inferior, a de cima mostra do lado esquerdo o menu do sistema e do lado direito mostra os aplicativos minimizados, o tipo de conexão (wire ou wireless), a batéria, a data e hora, o usuário logado, e o botão desligar.

Na barra inferior do lado esquerdo temos o botão “Mostrar área de trabalho” e as janelas abertas, do lado direito temos as quatro áreas de trabalho em miniatura e a lixeira.

(Barra inferior – sim, minha lixeira está cheia.)

Quatro áreas de trabalho!
“Eu não preciso de uma área de trabalho, meu Ubuntu tem 4 empregos áreas de trabalho!” Isso mesmo, o Ubuntu tem 4 áreas de trabalho..
São quatro espaços para você trabalhar, para passar de um espaço para o outro, você pode clicar nas miniaturas na barra inferior ou pode usar o atalho (windows logo + E).

Minhas quatro áreas de trabalho no Ubuntu

Por exemplo, eu posso está com um monte de janela aberta pesquisando um determinado assunto e enquanto faço minha pesquisa, eu posso abrir outro espaço de trabalho apenas para conversas (para evitar distrações), ou seja, posso deixar, MSN, Twitter e Facebook aberto em um espaço enquanto fico trabalhando no outro, isso ajuda tornar o trabalho mais eficiênte, quando eu quiser entrar em contato com alguém, posso ir no outro espaço, quando quero trabalhar, fico no espaço de trabalho.

Alt+Tab
Assim como no sistema operacional da Microsoft, o Ubuntu também tem o atalho Alt+Tab, que são bem parecidos por sinal.

Alt + Tab no Ubuntu - Guiky

Guiky no Emesene

MSN
O Windows Live Messenger não é compatível com o Linux, então, você tem que encontrar outro programa que realize tal função.
Eu inicialmente usei o aMSN, que é um aplicativo simples, que permite se conectar com o Live ID, O Gustav Kuklinski me recomendou pelo Facebook o Emesene, que por sinal foi uma ótima recomendação, o Emesene é um aplicativo parecido com o aMSN, que também permite usar o Live ID, mas a diferença maior está no design, que é bem mais agradável que o aMSN, sem falar que o Emesene é o que mais se aproxima do Windows Live Messenger (até as cores do Plus, são exibidas.)

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>