Novo relógio atômico é 100 vezes mais preciso

Por Guilherme Farias em 25 de março de 2012

Cientistas do Georgia Institute of Technology criaram um novo relógio atômico que é 100 vezes mais preciso que o atual

O novo relógio atômico é tão preciso que atrasa um décimo de segundo a cada 14 bilhões de anos, ou seja, para que ele atrase 1 segundo, é necessário 140 bilhões de anos, muito mais que a existência do universo.
Para alcançar tamanha precisão, os cientistas vão utilizar um laser que oscila 1 quatrilhão de vezes por segundo, você pode conferir o artigo na Physical Review Letters

Relógio Atômico

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>