ONG revela “inimigos da Internet”

Por Carlos Silvio em 12 de março de 2013

A ONG Repórteres Sem Fronteira (RSF), que defende a liberdade de imprensa, denunciou nesta terça-feira (12) o caso de cinco empresas cuja tecnologia é ou já foi utilizada para espionar usuários da internet em todo o mundo.

“A vigilância on-line é um perigo cada vez maior para os jornalistas, blogueiros, jornalistas cidadãos e defensores dos direitos humanos” afirma a RSF.

“Na data atual, 180 internautas estão detidos no mundo por suas atividades de informação on-line, muitas vezes com o apoio das tecnologias de vigilância”, declarou à AFP o secretário-geral da RSF, Christophe Deloire.

Em um relatório deste ano sobre os chamados “Inimigos da Internet” publicado nessa terça-feira, Dia Mundial contra a Censura Cibernétida, a ONG alerta que “a atividade de vigilância destinada a controlar as vozes dissidentes e a difusão de informação sensível, uma atividade implementada para reforçar os poderes instalados e evitar qualquer potencial desestabilização”.

As empresas denunciadas pela Repórteres Sem Fronteiras são Gamma (Grã-Bretanha), Trovicor (Alemanha), Hacking Team (Itália), Amesys (França) e Blue Coat (Estados Unidos).

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>