Para ampliação da rede 4G, Brasil ainda precisa de mais 10 mil antenas

Por Carlos Silvio em 31 de maio de 2013

Para garantir o crescimento da rede 4G num ritmo satisfatório no Brasil, operadoras de telefonia celular precisarão instalar quase 10 mil antenas a mais em todo o país. A constatação é do diretor-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), Eduardo Levy.

Segundo Levy, hoje o Brasil possui cerca de 60 mil antenas instaladas. Porém as empresas têm encontrado algumas dificuldades por causa da legislação de alguns municípios que chegam a dificultar os planos de instalação, com justificativas que vão de supostos riscos a saúde pública até poluição visual.

Segundo o G1, está tramitando no Congresso um projeto que pretende unificar as regras para que o processo de instalação seja simplificado.

Algumas operadoras de telefonia brasileira já oferecem o serviço de banda larga móvel de quarta geração (4G) desde 30 de abril de 2013. A previsão do governo federal é que o número de usuários dessa tecnologia ultrapasse a casa dos 4 milhões até o final do ano.

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>