Entidade afirma que conexão 3G tem falhas em 57% dos acessos no Brasil

Por Carlos Silvio em 30 de julho de 2013

Se você tem um smartphone e utiliza 3G sabe o quão complicado é garantir uma conexão decente e agora comprovada. Segundo a Proteste (Associação de Defesa do Consumidor) em testes realizados entre março e abril deste ano, 57% das tentativas de acessar o serviço não são efetuadas. A entidade testou o serviço das quatro principais operadoras (Oi, TIM, Vivo e Claro) entre 4 de março e 25 de abril. Foram cinco mil quilômetros rodados.

Nos testes foram medidos a data de cobertura (número de vezes em que o serviço era acessado sobre o número de tentativas de acesso) e o índice dos problemas e falhas de cobertura. Houve também uma segmentação por quatro áreas: Rio, São Paulo, Nordeste e Sul.

Dados da Pesquisa

Em São Paulo, 62% das tentativas de acesso à rede de internet móvel da Claro não tiveram sucesso. Segundo a Proteste, essa foi a operadora com os piores resultados, com 57% de tentativas de acesso falhas. Mesmo com vários problemas de acesso, a operadora foi a que entregou maior velocidade média de dowload (1891 kbps) e upload (542 kbps).

A Oi apresentou falhas em 27% das tentativas, a TIM em 24% e a Vivo em 23%.

A taxa de download/upload das demais foram: OI (575 kbps/163 kbps); TIM (1111 kbps/309 kbps) e Vivo (1484 kbps/480 kbps).

Graças aos resultados do teste, a Proteste lançou na segunda-feira (29) uma campanha para colher depoimentos sobre a qualidade da conexão 3G. A intenção da entidade é, conforme o nível das opiniões, acionar a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ou até entrar na Justiça contra as operadoras.
Dê sua opinião

Se você tem algo a reclamar ou elogiar em relação ao 3G da sua operadora, chegou a hora de se manifestar. A Proteste criou um site chamado “Em busca do 3G perdido” para ouvir os usuários. Acesse o link e participe: https://embuscado3gperdido.proteste.org.br/

 

[Com G1 e Tecmundo]

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>