Anatel quer 300 mil orelhões com Wi-Fi nas ruas do Brasil

Por Carlos Silvio em 19 de agosto de 2013

 

João Rezende, presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), afirmou nessa segunda-feira (19) que 300 mil orelhões passarão por uma modernização e irão oferecer Wi-Fi. Além disso, 400 mil serão desativados (equivalente a 40% menos do que está disponível atualmente).

“Nós temos hoje 1 milhão de orelhões e a maioria deles é subutilizada. A ideia é modernizarmos 300 mil”, afirmou em evento na Associação Comercial do Rio de Janeiro.

Rezende afirma que uma parte dos orelhões será mantida para atender regiões onde ainda são muito utilizados. A estimativa é que 300 mil orelhões sejam mantidos, 300 mil modernizados e 400 mil desativados.

Essa mudança irá ocorrer na revisão no contrato de concessão, numa consulta pública que começa em março de 2014.

Atualmente existe um projeto piloto de orelhão com Wi-Fi no Rio de Janeiro. Segundo o presidente da Anatel ainda é preciso estudar um método de tarifação, utilização do sistema e quem irá instalar o Wi-Fi.

A desativação dos 400 mil ocorrerá, pois será preciso fazer uma troca do contrato de concessão. “A empresa, para fazer investimento no wifi, precisa baixar o custo dos orelhões. O contrato de concessão prevê equilíbrio econômico-financeiro deste investimento.”

A expectativa é que os novos orelhões comecem a funcionar entre 2015 e 2016.

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>