Sony pode monitorar e gravar comunicações da PSN

Por Carlos Silvio em 12 de novembro de 2013
Que chato isso hein Sony?

Que chato isso hein Sony? Pt 2

A Sony atualizou os Termos de Uso de Software neste mês e nele deixa claro que se reserva ao direito de monitorar e gravar conteúdos enviados através da PSN, seja mensagens de texto ou de voz. Ou seja: algo bem chato não é?
Segundo a companhia, o conteúdo por ser usado por ela ou afiliadas para proteger empregados e outros usuários.

Porém a mesma esclarece que não é capaz de monitorar todas as atividades que passam por sua rede, nem esse é seu objetivo. “No entanto, nos reservamos ao direito de monitorar e gravar algumas ou todas as suas atividades da PSN, removendo seu UGM sem qualquer aviso prévio”, afirma o comunicado publicado pela companhia.

A Sony também afirma que pode coletar dados relacionados a vídeos de gameplay, a hora, local de atividades realizadas, nomes reais, identidades da PSN e ATÉ o endereço de IP dos consumidores. Você tem que encarar tudo isso caso queira usar produtos como PlayStation 3, PlayStation Vita e o PlayStation 4.

A Sony ainda veio com mais novidades: A companhia deixa bem claro que todos os softwares utilizados pelos consumidores são “licenciados, não comprados”. Ao adquirir um jogo, você adquire o direito de jogá-lo, mas não pode ser considerado dono do conteúdo do disco.

Claro que isso cai sobre a questão de revenda ou troca de jogos, na qual a mesma afirma que a revenda só é possível se ela ou suas parceiras permitam isso. Mas até agora não houve nenhuma menção em proibir esse tipo de transação.

Pré-Venda

Falando em PS4, o console já está em pré-venda no Brasil, custando belos 4 mil reais. Vai encarar? As vendas oficiais começam no dia 29 de setembro.

Quer conhecer mais do aparelho? Confira o unboxing abaixo:

 

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>