Empresa lança smartphone antiespionagem

Por Carlos Silvio em 25 de fevereiro de 2014

Black-Phone-new-anti-NSA-smartphone-about-privacy

Ele foi criado especialmente para driblar a espionagem dos Estados Unidos e irá chegar ao mercado em junho custando US$ 630 (R$ 1.473): O BlackPhone foi criado numa parceria entre as suíças Silent Circle e Geeksphone e apresentado na última segunda-feira durante a Mobile World Congress, em Barcelona.

Além de configurações resistentes à espionagem, o dispositivo traz uma tela de alta definição de 4,7 polegadas, acesso às tecnologias 4G e 3G, câmera dianteira de 8 MP (Megapixel), memória RAM de 2 GB, armazenamento internet de 16 GB e processador de 2 GHz quad core.

O aparelho roda uma versão do Android modificada para melhorar o controle dos usuários sobre a privacidade.

Blackphone

O PrivatOS não permite que pesquisar na internet sejam rastreadas, possui poucos aplicativos habilitados, todos com configurações de privacidade ativadas; libera somente conexões a confiáveis pontos de Wi-Fi; e o controle dos dados pessoas que são compartilhados por aplicativos.

Todas as ações inerentes a um telefone celular são privadas, como ligações, envio de mensagens, videoconferências, troca de arquivo de 100 MB, navegação na internet e telefones em conferências.

Além do projeto Blackphone ser “open source”, o PrivatOS será distribuído na internet gratuitamente.

A aparelho se encontra em pré-venda e começará a ser entregue/vendido em junho na Bélgica, Alemanha e Holanda. Não há definições sobre distribuições em outros países.

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>