Orelhões devem vir equipados com 3G e Wi-Fi para se tornarem competitivos

Por Carlos Silvio em 06 de maio de 2014

daruma-planta

Quantas vezes você utilizou um orelhão nessa semana? E nesse ano? Nenhuma?! Você não está sozinho. É cada vez mais raro as pessoas utilizarem no Brasil e graças a isso cada vez mais esses telefones públicos desaparecem das ruas.

O motivo é óbvio: O Brasil é um dos países que mais vendem celulares no mundo, fora o crescimento do número de instalações de internet banda larga nas casas, o que demanda muitas vezes uma linha telefônica.

Para evitar o desaparecimento total, os orelhões tentam se adaptar. O plano é fazer com que os equipamentos sairem das fábricas configurados para realizar ligações por meio da rede celular 2G. Já começam a esquentar as linhas de produção, porém, aparelhos que irão operar pelo 3G, rede de banda larga móvel.

Segundo a Anatel, em dez anos, o Brasil perdeu 120 telefones por dia. Em 2004 o número total era de 1,3 milhões, hoje existem 875 mil.

Sob o regulamento do plano geral de metas para universalização deve existir 4 orelhões para cada mil habitantes, hoje país esse número é de 4,3, bem perto do mínimo.

O plano de universalização é um conjunto de obrigações a que estão sujeitas as concessionárias do serviço de telefonia fixa prestado em regime público, que têm como objetivo dar a qualquer pessoa acesso ao serviço de telecomunicações, independentemente da localização e da condição socioeconômica. Por isso orelhões são importantes, principalmente para a população mais pobre, que tem pouco acesso a celulares e telefonia fixa.

Em junho deve ser colocado em consulta pública um edital do novo plano, porém a quantidade de orelhões por habitantes ainda está sendo estudada.

 

Foursquare lança novo aplicativo que promete aumentar interação real

Por Carlos Silvio em 02 de maio de 2014

 

BN-CP930_swarm_G_20140501153652

Na última quinta-feira o Foursquare lançou oficialmente o aplicativo Swarm, com ele é possível localizar amigos que estão próximos.

Segundo a Foursquare, com o novo aplicativo é possível fazer duas coisas: se encontrar com amigos e para descobrir novos lugares.

“Com Swarm, você pode facilmente ver quais dos seus amigos estão por perto, calcular quem está disposto a tomar algumas bebidas mais tarde e compartilhar o que você está disposto a fazer (mais rapidamente e facilmente do que é possível fazer com o Foursquare hoje)”, afirmou a empresa em comunicado.

O aplicativo começará a ser disponibilizado mundialmente para gadgets Android e iOS a partir da segunda semana de maio. Os interessados podem pedir para serem avisados no site do app. (Clique aqui para acessar )

Segundo Ministério das Comunicações, internet móvel deve ter falhas em 6 estádios da Copa

Por Carlos Silvio em 02 de maio de 2014

Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, admitiu publicamente que torcedores terão dificuldades em acessar a internet em seus celulares em pelo menos 6 dos 12 estágios da Copa. Na lista estão o Itaquerão, em São Paulo, palco da abertura da Copa, a Arena da Baixada, em Curitiba, e o Mineirão, em Belo Horizonte. Bernardo só informou o nome de três.

Segundo o ministro, ainda é preciso assinar um acordo que permite a instalação de uma rede Wi-Fi nesse seis estágios. O objetivo da rede é reforçar a oferta de sinal de internet dentro dos estágios. Sem a instalação, apenas o sinal da rede móvel das operadoras estará disponível e a expectativa geral é que o mesmo não será suficiente para atender a demanda.

“Vai ficar deficiente o serviço do ponto de vista de dados [internet] nos estádios. Em seis estádios, já colocamos o Wi-Fi. Mas é muito difícil quando os administradores não concordam porque não podemos obrigá-los a fazer”, disse o ministro, que completou: “Mesmo que faça agora o acordo (com os seis que faltam), dificilmente vai dar tempo de fazer um serviço de boa qualidade.”

TV

Em relação a infraestrutura para a transmissão dos jogos, Bernardo afirma que a instalação “está praticamente pronta”. O projeto é da Telebras.

Com informações do G1

Amazon lança loja exclusiva para tecnologia vestível

Por Carlos Silvio em 30 de abril de 2014

wearable

A Amazon lançou hoje uma loja exclusivamente para o segmento de “tecnologia vestível”, ou seja: relógios, óculos, anéis e outros dispositivos com recursos especiais, como Wi-Fi, acesso à internet, etc.

Segundo a Amazon, a página irá oferecer produtos de marcas consagradas e emergentes. Na lista: Samsung, Jawbone, GoPro, Basis e Misfit. Narrative e Bionym também terão espaço.

Esse tipo de negócio vem chamando cada vez mais atenção, mas é relativamente novo para os consumidores. Graças a isso, a Amazon abriga um centro de aprendizado para os internautas entendam mais sobre o que as empresas estão construindo.

Dentro do endereço também há espaço para uma seção mais jornalística, com informações da indústria e reviews dos produtos.

Clique aqui e acesse!

Mercado mundial de smartphones cresceu 30% em um ano

Por Carlos Silvio em 30 de abril de 2014

samsung-galaxy-note-ii

Segundo dados do International Data Corporation (IDC), comparando o primeiro trimestre de 2013 com o de 2014, os fabricantes de smartphones enviaram às lojas 284,8 milhões de unidades. Esse número represente um aumento de 30,2% sobre os 218,8 milhões do ano anterior. Mesmo com o crescimento expressivo, o número represente uma queda em relação aos 289,6 milhões do último trimestre de 2013. Porém este ano promete, já que nas festas de fim de ano celulares estão entre os itens mais comprados.

O aumento do número de vendas dos aparelhos ocorreu graças a mercados emergentes. Por exemplo, a China comprou 40% de todos os smartphones vendidos no mundo todo durante este último semestre.

A Samsung vendeu no primeiro trimestre deste ano mais smartphones que todas as outras empresas que formam o top 5 de maiores vendedoras juntas. Mesmo estando presente em todos os mercados, dos emergentes aos mais desenvolvidos, a companhia perdeu espaço pela primeira vez em 4 anos, porém o número é pequeno: apenas 1%. Agora controla 31% das vendas.

Já a Apple presentou um aumento de 16,8%, o menor aumento entre os cinco maiores vendedores. A criadora do iPhone cresceu mais de 10% em mercados como o Brasil, China, Índia e Indonésia.

Confira abaixo os números das cinco maiores vendedoras (Os dados são do IDC):

Vendedor Vendas em milhões 1T2014
Market share 1T2014
Vendas em milhões 1T2013 Market share 1T2013 Aumento trimestral sobre o ano
Samsung 88.5 31.1% 69.7 31.9% 27.0%
Apple 43.7 15.3% 37.4 17.1% 16.8%
Huawei 13.7 4.8% 9.3 4.3% 47.3%
Lenovo 12.9 4.5% 7.9 3.6% 63.3%
LG 12.3 4.3% 10.3 4.7% 19.4%
Outras 126.0 44.2% 94.5 43.2% 33.3%
Total 284.8 100.0% 218.8 100.0% 30.2%

Com informações do Olhar Digital

 

Página 5 de 511« Primeira...34567...102030...Última »