Balão do Google que oferece internet grátis dá volta ao mundo em 22 dias

Por Carlos Silvio em 07 de abril de 2014
loon-mapa-da-volta-ao-mundo

Trajetória do balão do Loon nesses 22 dias

O Loon é um projeto do Google que busca levar internet para lugares inóspitos do planeta. Na semana passada um dos balões utilizados no projeto conseguiu completar uma volta ao mundo em 22 dias.

Os balões voam a 20 mil metros do solo, acima das nuvens e dos aviões. Equipados com antenas, os mesmos são capazes de fornecer conexão com a web.

Na primeira viagem do projeto, o balão (que sai da Nova Zelândia) não passou da linha do Equador, mas chegou a percorrer 500 mil quilômetros. Trilhando o caminho mais curto para dar uma volta ao mundo, ele rodou o Oceano Pacífico, sobrevoou Chile e Argentina e depois passou próximo à Austrália e Nova Zelândia.

Segundo membros do projeto, na segunda volta o balão foi pego no caminho por ventos que auxiliaram sua trajetória. Desde o mês de junho a equipe coleta dados de ventos para ser capaz de modelar as trajetórias com maior antecedência.

“Podemos passar horas e horas rodando simulações de computador, mas nada nos ensina tanto quanto realmente enviando os balões para a estratosfera”, afirmou a equipe do Loon. O projeto começou em 2013, na Nova Zelândia, quando cerca de 30 balões foram usados para atender à população.

 Conheça mais sobre o projeto no link

Flappy Bird pros fortes! Conheça uma versão ainda mais difícil do game.

Por Carlos Silvio em 18 de fevereiro de 2014

Mesmo fora das lojas de aplicativo, Flappy Bids continua dando o que falar. No Youtube há inclusive uma pegadinha que mostra como seria o grau de dificuldade do game se você chegar ao nível 900, algo no mínimo impossível para 95% dos jogadores né?

Na fase os obstáculos se mexem de diferentes formas, além de existirem plantas carnívoras saindo dos canos. Sabe o que aparece ao chegar aos 999 pontos? Um chefe que vai surpreender você!

Assista ao vídeo e descubra!

Conheça os novos modelos do Google Glass

Por Carlos Silvio em 30 de janeiro de 2014

 
novosgoogleglass1

 

O Google Glass, óculos inteligentes do Google, ganhou novas armações e lentes, uma tentativa do modelo ganhar mais apelo comercial, já que seu lançamento será este ano.

Os óculos de realidade aumentada utilizam uma tela instalada na armação para mostrar imagens diretamente no olho dos usuários. Ele também pode fotografar, gravar vídeos e possibilita ao usuários acessar facilmente informações como mensagens, e-mails, notícias, previsão do tempo e mapas.

Uma novidade prática para quem moda nos EUA e se interessou pelo modelo é que o Google fechou um acordo com a Vision Service Plan, maior plano de saúde oftamológica dos EUA, que irá permitir aos consumidores obter prescrições de lentes especialmente desenhadas para o Glass.

No início da semana o site do Google mostrou uma atualização visual dos óculos, com seleções de quatro novas lentes e alguns óculos de sol. Os valores vão de US$ 225 a US$ 150.

“Essa nova coleção é uma incursão em uma categoria totalmente nova de óculos inteligentes”, afirmou a companhia em comunicado.


novosgoogleglass4

novosgoogleglass5

 

Há 3 anos homem tenta chegar ao fim do mundo em “Minecraft”

Por Carlos Silvio em 30 de janeiro de 2014

minecraft-11-m

Um homem está há três anos tentando chegar ao fim do mundo do game “Minecraft”, título que traz um universo baseado em blocos gerados aleatoriamente em que jogadores podem criar o que desejar. Kurt J. Mac caminha diariamente e registra sua jornada em vídeos.

Dentro do game existe uma região chamada “Far Lands”, onde o código do game que cria os mundos aleatórios começa a falhar, apresentando criações estranhas. Lá é o destino de Kurt, desde que começou sua jornada, em 2011.

A área foi removida do game em atualizações recentes, mas Kurt não atualizou sua versão, para assim poder continuar caminhando em direção ao fim do mundo de Minecraft. Segundo a desenvolvedora do jogo, a Mojang, o local está a 12 mil quilômetros de distância de onde o jogador começa a campanha. Segundo o cara, em três anos ele conseguiu caminhar 700 quilômetros em direção ao fim do mundo.

 

Visite o canal do cara no Youtube clicando aqui

Estudo afirma que videogames formam profissionais melhores

Por Carlos Silvio em 16 de janeiro de 2014

Mais uma prova de que games não são apenas brincadeira. Jogos eletrônicos podem treinar o raciocínio humano e suas aplicações no cotidiano. A conclusão é de uma pesquisa da Universidade de Denver, nos EUA, que afirma que videogames são capazes de melhoras o desempenho no ambiente profissional.

A pesquisa levou em consideração 65 estudos e informações referentes a 6,4 mil estagiários. Com essas informações, foi possível observar que o nível de conhecimento dos gamers em relação aos que não jogavam é superior em 14%. O nível de conhecimento factual foi 11% maior e de retenção foi de 9%.

Segundo a especialista em RH Eline Kullock, em entrevista ao Olhar Digital, os games aumentam a capacidade tomada rápida de decisões, além de desenvolverem organização de ações para a conquista de objetivos e a elaboração de estratégias. Kullock também afirma que o cumprimento de tarefas no menor tempo possível e o ferenciamente do tempo como um todo pode ser fator determinante para o rendimento profissional.

Mas a especialista ressalta o que considera um ponto negativo: o fato de que o “restart” dos jogos pode gerar um pensamento perigoso de que tudo na vida, inclusiva nas empresas, pode recomeçar sem consequência graves.

Página 1 de 2512345...1020...Última »