Segundo Ministério das Comunicações, internet móvel deve ter falhas em 6 estádios da Copa

Por Carlos Silvio em 02 de maio de 2014

Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, admitiu publicamente que torcedores terão dificuldades em acessar a internet em seus celulares em pelo menos 6 dos 12 estágios da Copa. Na lista estão o Itaquerão, em São Paulo, palco da abertura da Copa, a Arena da Baixada, em Curitiba, e o Mineirão, em Belo Horizonte. Bernardo só informou o nome de três.

Segundo o ministro, ainda é preciso assinar um acordo que permite a instalação de uma rede Wi-Fi nesse seis estágios. O objetivo da rede é reforçar a oferta de sinal de internet dentro dos estágios. Sem a instalação, apenas o sinal da rede móvel das operadoras estará disponível e a expectativa geral é que o mesmo não será suficiente para atender a demanda.

“Vai ficar deficiente o serviço do ponto de vista de dados [internet] nos estádios. Em seis estádios, já colocamos o Wi-Fi. Mas é muito difícil quando os administradores não concordam porque não podemos obrigá-los a fazer”, disse o ministro, que completou: “Mesmo que faça agora o acordo (com os seis que faltam), dificilmente vai dar tempo de fazer um serviço de boa qualidade.”

TV

Em relação a infraestrutura para a transmissão dos jogos, Bernardo afirma que a instalação “está praticamente pronta”. O projeto é da Telebras.

Com informações do G1

Amazon lança loja exclusiva para tecnologia vestível

Por Carlos Silvio em 30 de abril de 2014

wearable

A Amazon lançou hoje uma loja exclusivamente para o segmento de “tecnologia vestível”, ou seja: relógios, óculos, anéis e outros dispositivos com recursos especiais, como Wi-Fi, acesso à internet, etc.

Segundo a Amazon, a página irá oferecer produtos de marcas consagradas e emergentes. Na lista: Samsung, Jawbone, GoPro, Basis e Misfit. Narrative e Bionym também terão espaço.

Esse tipo de negócio vem chamando cada vez mais atenção, mas é relativamente novo para os consumidores. Graças a isso, a Amazon abriga um centro de aprendizado para os internautas entendam mais sobre o que as empresas estão construindo.

Dentro do endereço também há espaço para uma seção mais jornalística, com informações da indústria e reviews dos produtos.

Clique aqui e acesse!

Mercado mundial de smartphones cresceu 30% em um ano

Por Carlos Silvio em 30 de abril de 2014

samsung-galaxy-note-ii

Segundo dados do International Data Corporation (IDC), comparando o primeiro trimestre de 2013 com o de 2014, os fabricantes de smartphones enviaram às lojas 284,8 milhões de unidades. Esse número represente um aumento de 30,2% sobre os 218,8 milhões do ano anterior. Mesmo com o crescimento expressivo, o número represente uma queda em relação aos 289,6 milhões do último trimestre de 2013. Porém este ano promete, já que nas festas de fim de ano celulares estão entre os itens mais comprados.

O aumento do número de vendas dos aparelhos ocorreu graças a mercados emergentes. Por exemplo, a China comprou 40% de todos os smartphones vendidos no mundo todo durante este último semestre.

A Samsung vendeu no primeiro trimestre deste ano mais smartphones que todas as outras empresas que formam o top 5 de maiores vendedoras juntas. Mesmo estando presente em todos os mercados, dos emergentes aos mais desenvolvidos, a companhia perdeu espaço pela primeira vez em 4 anos, porém o número é pequeno: apenas 1%. Agora controla 31% das vendas.

Já a Apple presentou um aumento de 16,8%, o menor aumento entre os cinco maiores vendedores. A criadora do iPhone cresceu mais de 10% em mercados como o Brasil, China, Índia e Indonésia.

Confira abaixo os números das cinco maiores vendedoras (Os dados são do IDC):

Vendedor Vendas em milhões 1T2014
Market share 1T2014
Vendas em milhões 1T2013 Market share 1T2013 Aumento trimestral sobre o ano
Samsung 88.5 31.1% 69.7 31.9% 27.0%
Apple 43.7 15.3% 37.4 17.1% 16.8%
Huawei 13.7 4.8% 9.3 4.3% 47.3%
Lenovo 12.9 4.5% 7.9 3.6% 63.3%
LG 12.3 4.3% 10.3 4.7% 19.4%
Outras 126.0 44.2% 94.5 43.2% 33.3%
Total 284.8 100.0% 218.8 100.0% 30.2%

Com informações do Olhar Digital

 

Oscar da Internet anuncia ganhadores

Por Carlos Silvio em 29 de abril de 2014
arcade-fire-novo-album-duplo-lcd-soundsystem-reflektor_647x430

O grupo Arcade Fire está entre os ganhadores

O prêmio Webby, considerado o Oscar da internet, anunciou os ganhadores deste ano. Beyoncé, Jay Z, a empresa Netflix e o site Airbnb estão entre eles.

A entrega dos prêmios, que será apresentada pelo ator Patton Oswalt, acontecerá no dia 19 de maio na sala Cipriani de Wall Street, indicou a Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais.

O site oficial de Beyoncé, o vídeo interativo da música “Happy” de Pharrel Williams, o grupo Arcade Fire, o cantor Bob Dylan, o aplicativo do disco “Magna Carter holy grial” de Jaz Z e os apresentadores Jimmy Kimmel e Conan O’Brian estão entre os ganhadores mais famosos.

O Webby também irá homenagear Lawrence Lessig pela trajetória de ativismo defendendo a propriedade intelectual através do Creative Commons. A página de financiamento coletivo Kickstarter levou o prêmio de melhor lançamento do ano.

O grupo de hip-hop De La Soul receberá o prêmio de melhor artista do ano após a decisão de abrir mão dos restritivos direitos de propriedade intelectual e disponibilizar toda sua discografia on-line para ser baixada gratuitamente.

Outros nomes também foram reconhecidos pelo prêmio. Entre eles: J. Crew, Medium, Red Bull, Vimeo, QuizUp, Vin, Pandora e Wired.

Lucro da Rovio, criadora de “Angry Birds” caiu 50% em 2013

Por Carlos Silvio em 28 de abril de 2014

toys-angry-birds-HD-Wallpapers

O lucro da Rovio, empresa finlandesa criadora de “Angry Birds”, apresentou uma redução de 50% do lucro líquido em 2013 com relação ao ano anterior, em um contexto de fortes investimentos. O anúncio partiu da própria empresa nesta segunda-feira (28).

A estratégia da finlandesa em 2013 foi apostar em uma expansão rápido, o que resultou em um lucro líquido de 26,9 milhões de euros (cerca de R$ 83,60 milhões). Em 2012 esse número foi de 55,5 milhões (R$ 172,74 milhões).

O volume de negócios aumentou apenas 2,5% durante o ano, a 156 milhões de euros (R$ 484,79).

Mesmo com a queda nos lucros a empresa não desanima, querendo ir além, tornando-se uma companhia de entretenimento em escala mundial.

Só em 2013 a mesma abriu seis parques na Finlândia, Espanha e China além de publicar livros infantis e também produzir filmes de animação. A venda de produtos derivados, como os jogos “Angry Birds”, representam cerca da metade (47%) do volume de negócios total do grupo.

Página 4 de 179« Primeira...23456...102030...Última »